terça-feira, 28 de abril de 2015

Novidades: “Conheça um pouco da história do livro “Olho de Boto”, lançamento da Editora Empíreo”


Escrito pelo advogado, escritor e jornalista belenense, Salomão Larêdo. Nascido em 1949, o atual editor e produtor cultural escreve seu quadragésimo livro.


“Olho de Boto” será lançado na livraria Fox, em Belém, no dia 6 de maio a partir das 17hs.

O que é narrado nesse livro de nome tão engraçado?


O livro conta, de uma maneira fantástica, o casamento entre homens que ocorreu em 1960 no interior da Amazônia.

Sim, isso é verdade! E temos como provar.


Mas Salomão queria contar esse fato de outra maneira e por isso decidiu construir uma narrativa ficcional. A história se passa no vilarejo de Inacha, localizada na comunidade de Juaba, no município de Cametá, no nordeste do Pará. Inajá e Inajacy, o casal protagonista, pedem a um pajé que transforme um deles em mulher para que possam efetivar a união matrimonial.

Segundo Larêdo:  “O romance é cheio de situação escabrosas, inventadas ou superestimadas. Trago as metáforas e as polifonias do ser humano que habita a floresta, a natureza, a vida num manancial de águas, de riqueza de todos os reinos: vegetal, animal e mineral. O livro tem muitos personagens que circulam em meio a uma enorme variedade de temas e situações peculiares e características na sociedade humana que deve ter o compromisso de desconstruir desigualdades e injustiças”.
O homem fala bonito não é? AHAHAH

“Este novo romance aborda não apenas o tema de homoafetividade, mas todas as nossas questões sócio-políticas, de tudo que precisamos saber, discutir, estudar e nos posicionar como cidadãos culturais, cidadão sexuais, democráticos, como leitor que pensa, que tem senso crítico, consciência política, que não é intolerante, intransigente, que sabe e procura amar o outro, respeitar o outro, que é preocupado com o bem comum, com a igualdade como bem coletivo.”
O romance fantástico tem tudo para ser bem escrito, divertido e principalmente reflexivo.