sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Resenha: "Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas"

A Saga Dragões de Éter é composta de três livros, o primeiro volume é chamado de Caçadores de Bruxas e é dividido em três atos.
Nova Éter não é um reino, Nova Éter é um mundo criado por um ser chamado de Criador e ele envia avatares para esse mundo para que assim possam protegê-lo e manter a ordem. Esses avatares são conhecidas como fadas e elas aplicam testes nos humanos para conhecer suas índoles, entretanto, muitos Homens já falharam nessas tarefas e isso irritou bastante Bruja, uma fada que foi transformada em humana por odiar aqueles que deveria proteger. Muitas outras fadas caíram com Bruja e por isso se chamaram bruxas.


As bruxas eram divididas em magas brancas e magas negras, entretanto, para a Caçada não havia distinção e por isso qualquer pessoa ligada à feitiçaria foi queimada na fogueira.

Durante a Caçadas as Bruxas um plebeu se destacou, Primo Brandford, atual Rei do reino de Arzallum, casado com Terra, uma fada caída e que possuía dois filhos Anísio Brandford (filho herdeiro do trono, conhecido como príncipe da nobreza e futuro esposos da princesa Branca, filha do Rei Alonso Coração-de-Neve) e Axel Brandford (filho mais novo, conhecido como príncipe da plebe e adorado por diversas garotas).
Entretanto, enquanto o reino todo achava que já estavam livres de bruxas, aos poucos vão percebendo que não. Um desses casos é a história dos irmãos João e Maria, que acabaram entrando em uma casa de doces e foram presos e torturados por uma bruxa má chamada Babau.
Alguns contos narrados na Trilogia Dragões de Éter são bem familiares para nós. Como é o exemplo de Ariane Narin, conhecida pelo detestável apelido de Chapeuzinho Vermelho, viu sua avó ser atacada por um lobo e foi salva devido a um caçador a qual todos chamam de Heroi.
Outro relato de aparecimento de bruxas foi o desaparecimento de Anísio. Amaldiçoado por Bruja e por isso se refugiou nas Sete Montanhas que é governado por Sete Mestres, também conhecidos como Sete Anões.
Mas o estopim da nova caça as bruxas foi quando o pirata conhecido como Jamil Coração-de-Crocodilo, filho de James Gancho, invadiu i reino de Primo e matou diversas pessoas, causando um grande caos.
Jamil estava a procura de uma bruxa que o ajudasse com seus planos. E a trama do livro é essa: saber quais são os planos de Jamil.
O autor Raphael Draccon escreve muito bem e justamente por isso ele se estendeu muito nesse livro, acaba sendo muito detalhista e pouco aventureiro. O livro não é ruim, é uma história bem elaborada, mas por mim, teria umas duzentas páginas a menos. E mesmo assim eu estou interessada em saber o que aconteceu nos próximos livros.