terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Resenha: "After- Anna Todd"


No mundo teen atual a boyband mais falada sem sombra de dúvida é a One Direction, com isso as fãs (directioners) deixam sua imaginação a solta e criam várias e várias  fanfictions com os 5 meninos que integram a banda, e foi assim que surgiu After, inicialmente uma fanfic escrita por Anna Todd enquanto seu marido servia no Iraque, ela gira em torno de Harry Styles, que no livro virou Hardin, e também  tem influencias de Cinquenta tons de Cinza.
A história é narrada por Tessa, uma garota extremamente certinha que vai para faculdade e vê sua vida mudar a partir do primeiro dia que pisa no campus, a começar por sua colega de quarto Steph, que tem o estilo completamente contrário ao dela, é ruiva, tatuada, e bem liberal, já que assim que a Tessa entra no quarto com sua mãe e seu namorado Noah, se deparam com dois rapazes no quarto, Nate, que se apresenta todo simpático, e Hardin, que ignora completamente a presença dela ali.
Depois de se despedir da sua mãe e do seu namorado os assegurando de que Steph não era uma ameaça, ela cai na sua primeira tentação. Steph a chama para ir numa festa de fraternidade, é claro que ela recusa, e Hardin diz que ela está certa em recusar já que a festa não tem nada a ver com o estilo dela, depois disso Tessa muda de ideia e aceita o convite.
É obvio que o estilo de Tessa chama atenção na festa, mas no sentido negativo, e mesmo assim Steph, que já está na faculdade há um ano, a apresenta para todos os seus amigos, que seguem a linha dela, todos tatuados e digamos “ousados”, opostos a Tessa mas mesmo assim ela até que consegue se enturmar com eles, mas é claro que Hardin continua sendo desagradável e o clima entre eles não é nada bom.
Só que o lado bonzinho da Tessa, fica instigado com o lado badboy de Hardin, e ela se vê completamente atraída por ele. Aí entra a parte complicado da história, além de ser um badboy Hardin é um galinha de marca maior que deixa bem claro desde o começo que não namora.
Hardin não faz a menor questão de ser agradável com a Tessa, mesmo depois que eles cedem a atração física inegável entre eles, e começam um jogo de gato e rato.
Será que Hardin consegue abandonar completamente seu lado badboy e se entregar ao amor?!
Será que Tessa está disposta a encarar a montanha russa de emoções que é estar com Hardin?!
 “’Sabe quem eu penso que você é quando está comigo?’ Ele acaricia meu queixo com o polegar, eu preciso fazer força para me concentrar na conversa.
‘Quem?’
‘Você mesma. Acho que esse é o seu verdadeiro eu, mas está distraída demais se preocupando com que os outros pensam para se dar conta disso.’”
O final do primeiro volume me deixou nervosa pela continuação, pelo menos não vou ter que esperar muito, o segundo volume tem lançamento brasileiro previsto para Março desse ano.