segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Resenha: “Tudo o que ela sempre quis”


Lançado pela editora Novo Conceito em 2012, o livro “Tudo o que ela sempre quis” é mais um dos incríveis romances escritos pela autora Barbara Freethy.
O livro narra a história das Quatro Fantásticas, um grupo de quatro amigas, que se conheceram na faculdade e eram inseparáveis, até a morte de uma delas.

“Elas eram conhecidas como as Quatro Fantásticas, inseparáveis desde o primeiro dia de aula na faculdade e depois como membros da comunidade.
Uma queria ser médica; a outra, modelo; uma terceira queria um marido e filhos. Ela, só queria que suas amigas a conhecessem de verdade.”
Natalie, Laura e Madison deixaram de ser as Quatro Fantásticas após a queda de Emily da cobertura da irmandade e sua consequente morte. Parecia que Emily era o que as uniam e com sua morte, cada um foi lidar com a dor da maneira que lhe era conveniente.
Natalie mudou de universidade e acabou se formando como médica e trabalhando no pronto de socorro da cidade. Madison agora trabalhava como Relações Públicas e Laura tinha se casado com o namorado da faculdade e cuidava de suas duas filhas.
Dez anos se passaram até que elas tiveram um motivo para se reencontrar. O livro Fallen Angel publicado pelo autor Garrett Malone que contava como as Quatro Fantásticas e a forma como uma delas foi assassinada pela melhor amiga ao ser empurrada do telhado durante uma festa.
Muita coincidência? De acordo com o livro, agora a principal suspeita da morte de Emily era Natalie, que não apenas era sua colega de classe na época da faculdade, como também era a ex-namorada de Cole, o irmão de Emily.
Com a publicação desse livro, muitos fantasmas do passado voltaram para assombrar. Alguns suspeitam da inocência de Natalie, mas suas melhores amigas, Laura e Madison, permanecem confiantes da sua inocência. Cole tem grande dificuldade em acreditar em Natalie, já que o passado de ambos os impedem de confiar um no outro novamente.
Vários personagens aparecem, que cada vez mais o número de suspeitos para a morte “acidental” de Emily surgem. Afinal, quem é Garrett Malone e como ele sabe tanto sobre a vida de Emily e suas amigas? Ele realmente viu Natalie empurrar sua melhor amiga da cobertura? Se Natalie é realmente culpada, Cole conseguirá perdoar o amor da sua vida por causa da morte da sua irmã?

“Tudo o que ela sempre quis” não é apenas uma história de amor, é um bom suspense também. Afinal, ter as Quatro Fantásticas novamente era tudo o que ela sempre quis.