domingo, 28 de dezembro de 2014

Resenha: “ Love, Rosie”

O livro “Love, Rosie” , publicado sob o titulo de “Simplesmente Acontece” pela editora Novo Conceito e “Onde terminam os arco-íris” pela editora Dumara, é, definitivamente, o livro mais romântico que eu li no ano de 2014, até agora rs

Rosie e Alex são melhores amigos desde sempre, e ao longo dos anos, a amizade deles é colocada a prova.
Quando crianças, ambos já formaram seus sonhos para uma vida profissional, Alex queria ser médico e Rosie queria ser gerente de um Hotel.
Quando adolescentes, Alex trabalhava no escritório junto com seu pai e foi lá que ele conheceu a Bethany, garota com quem posteriormente perdeu a virgindade e sua primeira namorada.
Rosie e Bethany não se davam muito bem, principalmente porque após começar a namorar com Bethany, Alex acabou se afastando de Rosie.

Até que um dia a separação foi inevitável. No ultimo ano do colegial, o pai de Alex recebeu uma promoção e agora ele e a família se mudariam para Boston (antes, a historia se passa em Dublin, na Irlanda). Justamente no ultimo ano antes de irem para a faculdade, Alex vai para Boston (ele havia terminado com Bethany a algum tempo) e Rosie fica na Irlanda.
Mas, a separação faz com que ambos se empenhassem mais nos estudos, e isso resultou em boas notas e Alex foi aceito em Harvard, e Rosie aceita na Boston College para estudar hotelaria. Tudo estava perfeito, depois da formatura Rosie se mudaria e eles ficariam próximos novamente.
Falando na formatura, o grande dia havia chegado, Alex havia prometido ser o par no baile de Rosie, mas por problemas no voo, eles não pode comparecer, o que deixou Rosie triste e ela teve que arranjar um par de ultima hora.

“Hahahahahaha, você vai pro baile de formatura com Brian, o Chorão! Não tinha algo pior para você escolher?! O Brian que ergueu a sua saia na frente de todo mundo quando você tinha 6 anos, lá no pátio da escola, pra mostrar a sua calcinha? O Brian que ficou grudado ao lado da sua cadeira durante todo o segundo ano da escola, que comia sanduiche de peixe todo dia no intervalo e que ficava enfiando o dedo no nariz enquanto comia o sanduiche? O Brian que seguia a gente da escola até em casa todo dia cantando “Rosie e Alex foram pegos se B-E-I-J-A-N-D-O”, o que fez você chorar e me ignorar por uma semana? O Brian que derramou toda a cerveja dele no seu vestido novo na minha festa de bota-fora? O Brian que você não suporta de jeito nenhum e que é a pessoa que você mais detestou durante toda a escola? E agora você vai para a ultima festa da escola com ele? Com o Brian?”

Mas, depois do baile, Rosie ignorou Alex por vários dias, o que o deixou extremamente preocupado. As mudanças de plano ocorrera, Rosie acabara engravidando, o que deixou Alex preocupado, Rosie ficou assustada e toda a família, apesar de compreensiva, também se desestruturou um pouco.
Rosie teve que aprender a ser mãe e a superar os desafios e criar responsabilidade. Teve que crescer e amadurecer longe do seu melhor amigo.

“Alex: Todo mundo não para de me perguntar isso e não tenho a menor ideia do que responder. É estranho. Rosie grávida. Ela só tem 18 anos. Mal pode cuidar de si mesmo, que dirá de um bebê. Ela fuma feito uma chaminé e se recusa a comer verdura. Fica acordada até as 4 da manhã e dorme até a uma da tarde. Ela aceitou um trabalho como lavadora de pratos num restaurante chinês delivery para ganhar menos do que os vizinhos dela tinham oferecido para ela trabalhar como babá, só para evitar encrenca. Acho que ela nunca trocou uma fralda na vida. Fora a época quando o Kevin era pequeno, acho que Rosie nunca segurou um bebê no colo por mais de 5 minutos. E a faculdade? E o trabalho? Como diabos ela vai dar conta disso? Como é que ela vai conhecer alguém? Como vai fazer amigos? Rosie acabou de cair na armadinha que  sempre foi seu pior pesadelo. “

Enquanto isso, em Boston, Alex se dedicava aos estudos e conhecer Sally, sua nova namorada.
Um dia, Rosie foi para Boston, passar alguns fias com Alex, e isso foi ótimo, porque eles perceberam que apesar do tempo, ainda tinham muito o que compartilhar um com o outro até que depois de muita conversa, veio o silencio, e desse silencio Rosie beijou, um beijo não retribuído por Alex, o beijo antes da surpresa, Alex e Sally estavam noivos.
Agora, com Katie, sua filha já grande, a sorte sorria a favor de Rosie, ela estava madura e mais realizada do que antes. Possuía uma casa própria, apesar de pequena, conheceu um homem mais velho que estava apaixonada e que aceitaria ela  sua filha e principalmente, estava iniciando seu sonho profissional de trabalhar em um hotel. Uma vida nova e mais segura se iniciava.
E tudo o que foi contado até agora se refere apenas a parte um do livro, isso é sobre as primeiras 100 páginas, e o livro tem 448 páginas, ou seja, ainda tem muito o que acontecer na vida de Alex e Rosie.
O livro é uma graça, é contado de uma maneira totalmente diferente, eu adorei a escrita da Cecilia Ahern neste livro, adorei o final e odiei a tradução do titulo e pelo visto, detestarei o filme, que estreia em janeiro de 2015.