sábado, 7 de junho de 2014

Resenha: “Hades”


Por Nathalia Lopes

Hades é o segundo livro da autora Alexandra Adornetto e é também a continuação da saga Halo.
A história de amor entre Bethany e Xavier continua e está cada vez mais forte, porque o amor se fortalece quando enfrenta obstáculos e dessa vez o obstáculo está mais forte, com mais raiva, mais objetivo e ainda mais bonito. Jake Thorn está de volta e agora ele veio para levar Bethany a seu reino.



Durante a festa do Dia das Bruxas, as amigas de Bethany resolvem invocar espíritos com uma tábua ouija e mesmo achando que tudo aquilo é uma brincadeira, elas conseguem invocar o espirito de Taylah (uma das amigas de Bethany e Molly que foi assassinada por Jake), que tenta avisar a elas que estão correndo perigo, entretanto, Taylah não está sozinha, um espirito maligno é invocado e agora está a solta.
É isso mesmo, montado em sua moto, Jake sequestra Bethany e a leva para casa, a leva ao inferno.
Observação: Eu adorei a arte da capa, tudo a ver com a parte em que Jake a sequestra em uma moto. Simplesmente super fiel.

“A estrada desafiava a gravidade e se erguia à nossa frente. Uma grande cratera se abriu em seu centro. Sim, a estrada se abriu, e a cratera era cada vez maior, como uma boca faminta, cavernosa, esperando para nos engolir. O vento que batia contra o meu rosto era quente, e uma fumaça começou a erguer-se do asfalto. Instintivamente, sabia que tudo aquilo emanava de um sentimento de profundo vazio, estávamos seguindo uma linha reta em direção aos portões do Inferno.
E o Inferno logo surgiu à nossa frente.”

No Hades, Bethany descobre como Jake é um demônio forte, na verdade ele é o príncipe do Terceiro Círculo e é extremamente respeitado em seu distrito. Quando Lúcifer foi banido do Céu, oito anjos juraram lealdade a ele e por isso se transformaram nos primeiros demônios, conhecidos como os Originais e Jake era um deles.
O Hades não é só tortura. Lá eles presam pela ambição, pela ostentação , os sete pecados no Céu não são vistos como pecados no Hades e sim como a forma certa de se comportar. As almas que cometeram crimes vão para o Inferno e lá são obrigados a reviver as cenas do que cometeram por toda a eternidade e também existe a Cratera, onde são enviadas as almas e lá elas são torturadas, coisas ruins acontecem com elas para toda a eternidade.
Bethany é vista como a queridinha de Jake e isso deixa algumas pessoas enciumadas, mas lá ela conta com dois amigos, Hannah e Tucker, duas pessoas que fizeram um pacto com Jake e foram parar no inferno, elas não são almas que morreram, são pessoas de carne e osso e que vivem no Hades para toda a eternidade, não podem sair de lá e também não envelhecem.
É Tucker quem ajuda Bethany a beber do Lago dos Sonhos, que permite que ela se projete para a Terra e possa ver o que acontece com seus irmãos e Xavier.
Questionamentos sobre a existência e as regras entre o Céu e o Inferno começam a tomar conta de Bethany. Se Deus é misericordioso, por que ele não salva as almas do sofrimento eterno? Por que eles não vão salvar Bethany se sabem que ela está no Inferno contra a sua vontade?
Lúcifer tem seus próprios planos para o futuro da humanidade e está disposto a causar o Armagedon, essa era a verdade por trás do sequestro de Bethany. Levar um anjo para o Inferno é o mesmo que decretar guerra contra os céus e causar os caos no universo.

“- O mundo está vulnerável. – dizia ele. – As pessoas nunca estiveram tão perdidas em relação a fé, nunca demonstraram tanta incerteza a respeito da existência de Deus. – ele gesticulava para enfatizar suas ideias. – Agora é nossa hora. Quero ver multidões caindo no Buraco. Lembre-se de que a fraqueza humana é seu maior bem: a ambição, o amor ao dinheiro , os prazeres físicos... são suas melhores armas. Quero que pensem grande. Não se concentrem em presas fáceis. Ultrapassem as próprias expectativas... Quero ver um número de mortos como nunca antes foi visto. Quero que derrubem bispos, cardeais, generais, presidentes! Fiquem tranquilos, pois vocês serão ricamente recompensados.”

E é chegada a hora de Bethany conhecer o próprio Lúcifer em pessoa, ela já não é mais um brinquedinho de Jake, agora Lúcifer a quer como um peão do seu jogo de xadrez e quer iniciar a guerra sacrificando Bethany. A decisão é queimá-la na fogueira, um anjo na Terra, no corpo de humano, quando morre volta aos Céus, entretanto, um anjo no inferno quando morre deixa de existir. E agora haverá saída? Bethany conseguirá fugir do destino que a aguarda?
Só lendo Hades para descobrir. É um livro maravilhoso e apaixonante.