terça-feira, 1 de setembro de 2015

Resenha: "O príncipe dos Canalhas"

Escrito pela autora Loretta Chase em 1995 e publicada em uma versão remasterizada pela editora Arqueiro em 2015, "O príncipe dos Canalhas" é o primeiro livro da saga Scroundrels.

O príncipe dos Canalhas é mais um daqueles livros cheios de amor, raiva, sedução e cenas de sexo. E sim, ele é um livro de época, a história se passa na Inglaterra e na França durante o século XIX.

Minha opinião sincera sobre esse livro é que ele é similar a qualquer livro de época da Nora Roberts ou Lisa Kleypas e qualquer outro livro da Harlequim, exceto por uma coisa, quando você acha que a história acabou, vem a autora e bang! Mais uma surpresinha.


Bom, em resumo, Lorde Dain é um homem amedrontado por fantasmas do seu passado, nascido do segundo casamento de um homem importante e rico com uma estrangeira adolescente e fogosa, Dain era um garoto perturbado, solitário e triste. Sua mãe fugiu de casa com um amante. Seu pai a odiava e odiava seu filho também. Dain foi levado a um colégio interno onde seu pai o mantinha com dinheiro mas sem nenhum carinho ou amor. Lá Dain foi humilhado pelos demais colegas, não apenas por causa de sua mãe, mas também por que ele era feio e estranho, magricelo e uma mistura de italiano com inglês.

Mas o garoto assustado, magricela e feio deu a volta por cima quando descobriu, aos dez anos de idade, que sua mãe havia morrido. Após enfrentar o maior valentão da escola, Dain passou a ser temido e a ter amigos que o temiam também. Aprendeu a apostar, a multiplicar seu dinheiro e a crescer tanto financeiramente quanto fisicamente. Seu pai, ao morrer, o deixou na ruina, mas Dain não se importou nenhum pouquinho, deu a volta por cima novamente e reestabeleceu todas as suas finanças. Dain era um lorde rico, morando na França e com uma fama terrível. Conhecido como O príncipe dos Canalhas, Dain não se envolveria com nenhuma mulher direita, só lhe interessava aquelas que o dinheiro podia comprar, as de vida fácil. Com mais de 30 anos, ele teria tudo pra continuar assim, até que conheceu Jessica Trent e tudo mudou.

Jessica foi para França justamente para enfrentar Dain, porque ele estava levando seu irmão a ruína com prostitutas e luxos que o dinheiro de Bertie Trent não poderia pagar. Jessica era uma mulher muito corajosa e firme, mas principalmente linda e inteligente. Recebia vários pretendentes, mas nunca se interessou por nenhum deles. 

Agora junte uma mulher bonita, inteligente e perspicaz que não quer se apaixonar com um homem forte, viril e rico que desconhece completamente o que é o amor. Então com certeza você terá um casal, Cheio de altos e baixos, mas um casal sem dúvida. 

Vale a pena acompanhar as aventuras desse casal. Só cuidado para não se apaixonar. Dain já pertence a Jéssica Trent.