domingo, 9 de novembro de 2014

Resenha: "Cidade do Fogo Celestial"

"Somos todos parte do que nos lembramos. Guardamos em nós as esperanças e os medos daqueles que nos amam. Contanto que exista amor e lembrança, não existe perda de fato.
Livremente servimos porque livremente amamos, conforme nosso arbítrio de amar ou não, assim nos erguemos ou caímos."

Para separar Jace de Sebastian, Clary teve que atingir Jace com a espada Gloriosa (a espada do arcanjo Gabriel emprestada pelo anjo Raziel a Simon) mas, apesar do objetivo ter sido avançado, agora Jace tem o fogo em suas veias. O Fogo Celestial está dentro de Jace, e ele precisa manter o controle de seu corpo e de suas emoções para não ferir ninguém.
Entretanto, Sebastian continua vivo e ainda mais forte do que nunca, junto com seu exercito de Crepusculares (Caçadores de Sombras transformados pelo Cálice Infernal) Sebastian ataca vários Institutos pelo mundo, a fim de recrutar ainda mais Nephilins.

“- É uma pena que você não vá viver. – falou para ela – Viver para contar à Clave que Lilith me fortaleceu tremendamente. Talvez a Gloriosa pudesse por fim à minha vida. Uma pena para os Nephilins que não haja  mais favores que possam pedir aos Céus, e que nenhuma das insignificantes armas de guerra que forjam na Cidadela Adamant possa me ferir agora.”

Devido a todos esses ataques, os Nephilins foram convocados à Idris. A Clave não queria admitir a força de Sebastian, e nem que os Crepusculares não eram mais Caçadores de Sombras.
Enquanto isso, Jordan, Maia e Simon permaneceram em Nova York.  O apartamento de Jordan foi atacado por Crepusculares. Na tentativa de fugir, Simon foi sequestrado por Maureen (a nova líder do clã de vampiros do Hotel Dumort e que é apaixonada por Simon) enquanto Maia e Jordan seguiram para a Praetor Lupus e foram atacados por Sebastian e Jordan foi morto.

“- Eu nunca vou parar, nunca vou ficar imóvel, até que a morte feche os seus olhos, ou a fortuna me dê a medida da vingança. Diga aos membros do Submundo. Estou atrás de vingança e vou conseguir. Vou lidar desse modo com qualquer um que de alie aos Caçadores de Sombras. Não quero dialogar com sua espécie, a menos eu vocês sigam os Nephilins na batalha; nesse caso, vocês alimentarão minha lâmina e as lâminas do meu exercito, até o ultimo ser extinto da superfície desse mundo.” 

O plano de Sebastian é transformar Caçadores de Sombras em Crepusculares e fazer com que eles se destruam. Em seu mundo de destruição onde ele é o rei, Clary é sua companheira, e ele fará de tudo para tê-la a seu lado.

“[...] – Você se esqueceu de que nós estávamos ligados, eu e você. Esqueceu que eu tinha visto seus sonhos. Em alguma parte dentro essa sua cabecinha existe um mundo em chamas, e lá está você observando de uma sala do trono, e nessa sala há dois tronos. Então quem ocupa o segundo trono? Quem está a seu lado nos seus sonhos?”

Sebastian fará de tudo para ter Clary e Jace ao seu lado, principalmente jogar baixo.

“- Nós, do Cálice Infernal, temos em nossa posse cinco dos seus aliados. – foi a resposta. – Meliorn, do Povo das Fadas, Raphael Santiago, dos Filhos da Noite, Luke Garroway, dos Filhos da Lua, Jocelyn          Morgenstern, dos Nephilim e Magnus Bane, dos Filhos de Lilith. Se vocês não entregarem Clarissa e Jonathan, eles receberão mortes de ferro e prata, de fogo e sorveira-brava. E quando seus aliados do Submundo souberem que vocês sacrificaram seus representantes porque não querem abandonar a própria espécie, eles se voltarão contra vocês.    Eles se juntarão a nós, e vocês vão se flagrar lutando não apenas contra quem porta o Cálice Infernal, mas contra todo o Submundo.“

Mas Clary, Jace e seus amigos não ficarão parados esperando Sebastian atacar ou a Clave decidir o que será da vida deles. Então, eles vão atrás de Sebastian. Com a ajuda de Emma Carstairs, Jace e os outros descobrem que Sebastian está escondido em Edom, o reino de Lilith no Inferno, e a única forma de chegar lá, é pelo Reino das Fadas.
Agora é a hora de enfrentar Sebastian e resgatar Jocelyn, Luke, Raphael e Magnus. A guerra final se inicia.

"- Nephilim - disse ela - Filhos do Anjo, guerreiros, hoje nos preparamos, pois esta noite Sebastian Morgenstern lançará forças contra nós. Sebastian Morgenstern está tentando destruir o que somos. Ele trará ao nosso combate guerreiros que usam nossos rostos, mas não são Nephilim. Não podemos hesitar. Quando os encararmos, quando virmos um Crepuscular, não podemos enxergar irmão, mãe, irmã ou esposa, mas uma criatura em sofrimento. Um humano de quem toda a humanidade foi extraída. Somos o que somos porque temos livre-arbitrio. Temos liberdade de escolher. Escolhemos encarar e lutar. Escolhemos derrotar as forças de Sebastian. Eles tem a escuridão; nós temos a força do Anjo. O fogo testa o ouro. Neste fogo seremos testados, e nosso brilho será maior. Conhecem o protocolo; sabem o que fazer. Avante, filhos do Anjo. Avante e acendam as luzes da guerra."