sábado, 30 de agosto de 2014

Resenha: "Indesejadas"


Para fãs de suspense policial, ‘Indesejadas’ é um livro perfeito para isso. Ele definitivamente superou as minhas expectativas e eles agora está entre meus livros favoritos.
Escrito pela autora Kristina Ohlsson e publicado pela Editora Vestígio, o livro ‘Indesejadas’ narra crimes brutais cometidos contra crianças na Suécia.
Lillian Sebastiansson e sua mãe Sarah, embarcam no trem para Estocolmo. Lillian tira os sapatos e os deixa debaixo do banco e acaba dormindo a viagem toda. Quando estavam chegando próximas de seu destino, o trem é obrigado a fazer uma breve parada em uma das estações e Sarah desembarca para poder falar ao telefone. Quando estava voltando para o trem, após terminar a ligação, uma moça pede sua ajuda para conseguir colocar seu cachorro doente na escada rolante e poder leva-lo para casa. Sarah ajuda a tal moça, entretanto não consegue voltar a tempo para o trem e ele segue sem ela. Desesperada, entra em contato com a companhia de trem para avisar que sua filha de 5 anos segue viagem sozinha para Estocolmo. Ela pega um táxi para encontrar a filha na estação terminal enquanto um dos guardas do trem prometeu vigiá-la. O guarda precisou se afastar da menina que cochilava durante alguns minutos devido a uma briga em outro vagão e quando Sarah chega para buscar sua filha, ela está desaparecida, Lilian sumiu ao chegar na estação final de Estocolmo, ninguém a viu saindo, ninguém sabe se a levaram, a única coisa que sobrou da passagem de Lilian por aquele trem, foram os sapatos embaixo do banco.


"O trem, boneca". sussurrou o eco. "Você não faz ideia do que as pessoas esquecem no ttrem. E não faz ideia do quanto as outras pessoas não prestam atenção. As pessoas que não deixam nada para trás, mas que estão apenas viajando. É isso o que as pessoas fazem no trem, boneca. Elas viajam. E não veem nada."

Esse é o primeiro crime cometido durante o romance, é o ponta pé inicial para as investigações que se sucederam. Alex Reicht, Peder Rydh e Fredrika Bergman são os encarregados por essa investigação. O interessante do livro, é que no decorrer dele, cada um desses três policiais tem a sua própria história revelada. Alex têm dois filhos e um casamento que ele considera perfeito, sua filha mais velha mora próximo a ele e se veem quase todos os finais de semana, seu filho mais novo se mudou para a Colombia após ter se apaixonado e ainda vive por lá. Peder achou que tinha encontrado a mulher da sua vida, casou-se e teve filhos, gêmeos na verdade, mas isso não era o que sua esposa queria, após o nascimento das crianças, ela entrou em depressão pós-parto, que durou mais de um ano, enquanto isso, Peder precisava manter a paciência com o fato de sua mulher nunca ter o interesse em fazer amo com ele, por causa disso, Peder acabava tendo seus casos extraconjugais. Por falar em casos extraconjugais, esse é o caso de Spencer, um professor universitário, casado a anos que se relacionava secretamente com sua amante Fredrika por mais de dez anos. Eles mantinham um relacionamento sem expectativas, Fredrika sabia que ele não se separaria de sua mulher, mas continuava muito encantada e feliz ao lado dele, mesmo sendo apenas sua amante.

Voltado ao caso do desaparecimento de Lilian, os policiais entrevistam todos os guardas e a mãe de Lilian e aos poucos vão descobrindo pistas que podem leva-los ao paradeiro da menina. Sarah conta a Fredrika, responsável por interroga-la, que teve que sair do trem para falar ao celular porque não queria que Lilian ouvisse sua ligação para o novo namorado, quando a separação com Gabriel, pai de Lilian, era recente. Entretanto, Fredrika acaba descobrindo mais coisas que Sarah tenta esconder, como as duas denuncias dadas por ela devido a forte agressões causadas por seu ex-marido Gabriel.
Ao procurá-lo para um interrogatório, ninguém sabe sobre seu paradeiro, Gabriel está ou desaparecido ou se escondendo e isso somando a raiva causada pela separação pode ter resultado no sequestro de Lilian. Agora, o principal suspeito, é o próprio pai.

O andamento da investigação é alterado após Sarah receber uma caixa contendo os cabelos e as roupas de Lilian e ainda mais pela narração